Criado com Wix.com

  • Facebook Clean Grey
  • Instagram Clean Grey

Do Atacama ao Salar de Uyuni

February 17, 2019

A viagem pela Bolívia até o Salar de Uyni começou pelo Atacama, de manhã bem cedo, no dia 10/05/18. Já sabíamos que seria bem simples já que, não dormiríamos em hotel, não teríamos banho quente e viajaríamos numa 4x4, em 7 pessoas. Passamos por tudo isso, passamos por frio, passamos por paisagens inacreditáveis, passamos por animais silvestres, passamos três dias sem internet e passamos perrengue - rolou até motor da caminhonete congelado. Uma das experiências mais loucas e inesquecíveis que vivi, ao lado de pessoas que conheci no dia e que criei um carinho enorme. Foi a parte da viagem Chile/Bolívia/Peru que mais aprendi, principalmente a ser grata por tudo que tenho, e conto tudo aqui nesse post.

   Pesquisei bastante sobre o passeio até Uyuni e conforme lia os relatos ficava ora encantada, ora apavorada hahaha e é assim durante o trajeto todo, porque ao mesmo tempo que você se admira com as paisagens, sofre com o desconforto da viagem. Depois de orçar com várias agências, fechei pacote no site denomades.com e não tive problema algum. Esse site é de intermediação de prestação de serviço, então no voucher nos orientava irmos um dia antes à agencia World White Travel, que tem base em San Pedro de Atacama, para acertarmos horários, detalhes e pagar pela viagem que começou no dia seguinte.

 

Às 6h30 do dia seguinte, um ônibus nos pegou no hotel para nos levar até o ponto de saída das caminhonetes 4x4, na divisa entre Chile e Bolívia, o caminho deve ter levado 1h mais ou menos. Lá, nos foi servido um café - uma mesa para umas 40 pessoas haha - passamos pela imigração - olhem a sede da imigração boliviana hahaha - e escolhemos o grupo que viajaríamos pelos próximos 3 dias.

    A escolha do grupo é assim: os guias ficam gritando quantos lugares ainda tem em sua caminhonete então é só você chegar no grupo, ver se pode ir com eles e deu hahaha então é muito "fui com a cara daqueles ali". Nosso grupo ficou: eu e meu namorado, dois irmãos do Rio de Janeiro e um casal da Irlanda, nos gostamos de cara e deu super certo o caminho todo!

   As malas vão em cima da 4x4, então tem limite de peso e quantidade. Lembro de ser um dilema pra mim, pois nossa viagem foram por 20 dias ao todo, eu estava com uma mala média/grande, mas era o permitido, então deu certo hehe.

Grupo formado, partiu 3 dias e 2 noites pela Bolívia, destino final: Salar de Uyuni!

   

1° DIA: Nesse dia conhecemos Laguna Blanca, Laguna Verde, Desierto de Dali, Aguas Termales, Geysers de La Mañana  e perto de nosso refúgio, a Laguna Colorada, cheinha de Flamingos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sobre o nosso refúgio da 1° noite: chegamos lá e ficamos felizes, pois o quarto tinha camas e cobertas - achávamos que seriam sacos de dormir!!! Pegamos uma noite de -10°C, dormi com a roupa que passei o dia, inclusive o casado + as duas cobertas e ainda sim passei muito frio e acordei dolorida de me encolher na cama durante a noite haha dramática mesmo! O banheiro (no final desse corredor convidativo da foto) era uma NABA: sem chuveiro, com dois vasos (para umas 30 pessoas) e na madrugada teve gente que passou mal com a altitude, então você imagina como ficou na manhã seguinte kkkkkkk.

Logo quando chegamos no refúgio, tivemos um café da tarde com bolachas, frutas e chá de coca e depois resolvemos sair bater perna pela redondeza.

   Onde nosso alojamento estava não chegava a ser uma vila, mas tinham algumas casas (muito simples), uma lojinha tipo conveniência, e um bar! Sim, no meio do nada, tinha um bar!!! No caminho pro bar vimos umas crianças jogando bola e logo um dos nossos parceiros de viagem se empolgou para jogarmos também. Esse parceiro é o Gabriel, do canal do Youtube chamado Gol Contra e ele levou uma bola oficial da Champions League - já imaginando que passaria por crianças que iam gostar de ganhar uma dessas. Então ele propôs que, se as crianças da vila ganhassem a partida, levariam a bola oficial! Foi muito engraçado e memorável jogar bola com Bolivianinhos a 4.200 m do nível do mar. Nosso fôlego não foi o suficiente então, lógico, eles levaram a bola hahaha

    E o bar? Aaaaah, o bar merece comentários também!!! Era muuuuito simples, tipo botecão, com bancos improvisados e o mais importante, tinha aquecedor e cerveja hahaha Lá jogamos pimbolim, escutamos música e provamos cerveja de coca - muito boa. Mas estávamos moídos do dia, então não ficamos muito tempo.

2° DIA: Acordamos às 6h e quando fomos para a caminhonete, nosso guia estava na função de descongelar a água do motor!!! Como a noite foi muito gelada, congelou tudo, inclusive as torneiras. Isso atrasou um pouco nossa saída mas, enfim seguimos rumo aos passeios do dia: Árvore de Pedra, Laguna Honda, Laguna Chiarkota, Laguna Hedionda, Laguna Cañapa (as Altiplânicas da Bolívia) e o Salar de Chiguana.

 

 

 

 

Sobre nosso refúgio da 2° noite: na segunda noite ficamos no famoso hotel de sal, todinho salgado: camas, bancos, mesas, chão e parede revestida. Ficamos em um quarto de casal (daquelas camas que da medo de deitar hehe), em compensação tinha mais vasos e havia chuveiro maaaaas, preferi me lavar com lenço umedecido mesmo, porque estava muito frio e corria o risco da água sair gelada (água quente só nos primeiros banhos). Nessa noite teve um jantar bem gostoso (é um pouco difícil se acostumar com o tempero deles) e passamos a noite jogando Dutch, um jogo francês que os Irlandeses nos ensinaram - viciante!!! Noite menos fria que a anterior mas, igualmente mal dormida.

 

3° DIA: o Dia D!!! Dia de conhecer o Salar de Uyuni. Nesse dia saímos beeem cedo, às 5h, para tentarmos ver o nascer do sol da ilha de cactos. Não conseguimos, mas vimos do meio do Salar de Uyuni e foi tão lindo quanto. No início do Salar conseguimos pegar uma parte espelhada, mas logo ele secou e virou aquela imensidão branca! Andamos por um tempo e chegamos na Ilha se Cactos gigantes para o café da manhã.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Depois do café da manhã, seguimos pela imensidão do Salar, andamos por horas e horas, realmente é gigantesco! São 10.582 quilômetros quadrados e fica a 3.656 m acima do nível do mar. Eu fiz uma cagada - pra variar -  consegui enfiar meu pé em um buraco no Salar, tive que continuei o dia com a bota e meias encharcadas e duras do sal hahaha!! Paramos por um tempo para tirarmos aquelas fotos em perspectiva, passamos pela ilha das bandeiras e pela escultura do Rali de Dakar e finalizamos os passeios no Cemitério de trens. 

   Antes de chegarmos na cidadezinha de Uyuni, paramos em um centro artesanal para comprar lembrancinhas locais e umas 15h finalmente chegamos em Uyuni para o almoço! A cidade é pequena e muito humilde. De lá, nos despedimos dos parceiros de viagem - mimimi - e fomos até a agência Todo Turismo para esperar a saída do ônibus que pegamos às 21h para La Paz. Como tínhamos tempo até sair, fui atrás de um hotel que pudesse tomar um banho, achei um por 15 bolivianos e Jesus amado, que banheiro! Precário demais!! Tive que encarar, estava louca por um banho há dois dias e ainda viajaria por toda madrugada!

    A respeito do ônibus da Todo Turismo, mega recomendado hein! Bancos confortáveis, na janta serviram uma massa, TV, wi-fi que pegava em alguns pontos da estrada, mas como viajamos dormindo a noite toda, nem fez diferença hehe, umas bolachinhas com suco no café da manhã. Chegamos em La Paz às 5h30 da madruga e o motorista foi super gentil e nos deixou na esquina da entrada do aeroporto, onde ficamos esperando nosso voo até às 9h. De La Paz fomos para Cusco, com a Peruvian, onde continuamos nossa viagem!!!

 

    Em todo o trajeto pela Bolívia, principalmente no desconforto dos quartos e banheiros, nas cidadezinhas pobres, no frio de cortar, eu agradecia pela vida e conforto que tenho na minha casa! Agradecia pela família, por poder ver eles todos os dias, pela minha cama quentinha e cheirosa, pelo meu chuveiro quente, pela comida gostosa e farta. Agradecia pelo básico, pelo simples que afinal, é o que realmente importa e muitas vezes não damos tanto valor. Passar esses 3 dias na Bolívia foi inesquecível! No terceiro dia eu já estava irritada com o frio e perrengues mas, TUDO VALEU A PENA! Conhecer pessoas incríveis, ver lugares indescritíveis e observar a vida e cotidiano em outro país é enriquecedor e libertador!!! Dedico esse post ao nosso TEAM NUTELLA ROOTS, nossa trip foi do caramba!

 

Segue abaixo valores dessa parte da viagem! (Tem post da trip completa CHILE/BOLÍVIA/PERU aqui no blog)

Passeio com o site De Nomades (com tudo incluso, menos taxas que pagamos pelo caminho) R$ 645,00

Gastos nos 3 dias R$ 170,00

Bus Todo Turismo R$ 140,00

Voo La Paz - Cusco pela Peruvian R$ 500,00

 

Qualquer dúvida e ajuda que precisarem, manda e-mail aqui, vou adorar trocar ideias!!!

Um beijo

Mariah

 

 

 

 

 

 

Please reload