Criado com Wix.com

  • Facebook Clean Grey
  • Instagram Clean Grey

Machu Picchu + Montaña Waynapicchu

May 1, 2019

E chegou a vez de contar como foi minha experiência na Cidade Perdida dos Incas,

a famosa - aaand uma das sete maravilhas do mundo - Machu Picchu!!!

Além de conhecer as ruínas, subimos a montanha Waynapicchu e depois de - apenas - 163.099.898 degraus (não sei quantos, mas pareciam infinitos) chegamos ao topo e vimos a cidade perdida lááá embaixo, no meio de um vale indescritível de lindo. É lindo mexxxxxmo!!!

Tem vontade de conhecer esse lugar mágico? Então olha ai o post todinho com informações e fotos desse passeio inesquecível! 

   DIA 01: Como comentei no último post - sobre os passeio que fiz pelo Vale Sagrado AQUI - fomos a Àguas Calientes, que serviu como base para Machu Picchu, assim que chegamos em Cusco (de La Paz). A agência nos pegou no aeroporto, passamos no hotel deixar as malas e acertar o restante do valor do pacote e em seguida um motorista nos pegou para nos levar a estação de trem em Ollantaytambo (2 horas de Cusco). 

 

   Vale comentar que, todos os valores mencionados no post já estavam inclusos no valor total do pacote que fechei com a agência. No final passo o quanto pagamos e o que achamos dela.

 

   De Ollantay, pegamos o trem da Perurail, valor ticket de ida US$ 45,00. Como deixamos nossas malas em Cusco, estávamos só com uma mochila cada um, pois na época eu li que o trem aceitaria até 5kg por passageiro (eu vi malas grandes haha então, deve ter tarifas diferenciadas). Achei tranquilo levar só o necessário, pois ficamos em Àguas Calientes uma noite só então, não tivemos problemas com a restrição da bagagem. A viagem de trem leva em torno de 1h30 e é maravilhosa! Andamos no meio de todo o vale e as paisagens são maravilhosas, com todas aquelas montanhas enormes nos rodeando e como o trem é todo "aberto" com vidros enormes, dá pra ver tudo durante o trajeto. 

   Chegamos na estação de Àguas Calientes e um guia estava nos esperando para nos levar ao nosso hotel, Rio Dorado - limpo, cama ótima, banheiro bom, café da manhã ótimo e localização ótima. Como tínhamos o resto do dia livre, passeamos pelo mercado de artesanato de AC e depois saímos jantar para irmos dormir cedo, porque no outro dia a saída para a cidade perdida seria bem cedo!

 

   DIA 2: Acordamos cedão para irmos a fila (enorme) dos ônibus que levam à Machu Picchu. Depois que o primeiro ônibus começa a subir, às 5h, a fila anda rápido mas, se quiser pegar o nascer do sol na Cidade Perdida, vale chegar bem cedo na fila para pegar os primeiros que sobem. O caminho é rápido, menos de 30 min o bus sobe e nos deixa na entrada a MP. Chegar até o topo é meio assustador haha os bus sobem rápido e tem uns mega penhascos durante o percurso todo.

   Devido a espera na fila, não vimos bem o nascer do sol lá, mas chegamos bem cedinho e podemos ver a cidade um pouco vazia. Como compramos a subida a montanha Waynapicchu, tivemos que entrar em MP e ir direto para a entrada da trilha, pois é com horário marcado. Há dois horários disponíveis para a subida à montanha, às 7h e às 10h (número limitado por horário, compre ingresso com antecedência), e cada ingresso custou 200 soles, sendo que só para entrar em MP seria 150 soles +-. 

   Optamos pela subida às 07h e já estávamos na entrada da trilha assim que ela abriu. A parte da subida à montanha não é guiada viu?! Você tem que ir por conta mas, não tem erro, tem bastante gente e o caminho todo é sinalizado com trilha marcada e cabos de aço. SIM!, cabos de aço!! Tem partes das escadarias que fica na beiradinha dos penhascos, além de escadas de madeiras que dá medo de usar, mas era o que tinha hehe e é MUITO cansativo, sério!!! Eu não aguentava mais subir escadas, minhas pernas já estavam dormentes, mesmo assim a vista lá de cima é maravilhosa e você consegue ver Machu Picchu por um ângulo diferenciédis.

   Descemos da trilha era 10h, moídos, e ainda tínhamos Machu Picchu para explorar! Como funciona quando você compra o ingresso para a subida de alguma montanha de MP: na entrada, o seu ingresso é carimbado pela 1° vez depois, quando você sai da montanha, só tem um caminho que leva a entrada novamente pois, para você acessar a Cidade Perdida, você tem que começar pelo início da fila já que todo mundo anda na mesma direção. Nessa segunda entrada, onde você leva o 2° carimbo, há um guia (incluso no nosso pacote) te esperando para acessar a cidade - falam em obrigatoriedade de um guia para acesso, mas não vi fiscalização nenhuma quanto a isso. Infelizmente não conseguimos passear e conhecer muito de Machu Picchu ;( eu comecei a passar mal do estômago no meio da visita, provavelmente pela altitude e tive que voltar as pressas para entrada (onde tinha banheiro - somente na entrada tem banheiro), então nossa visita completa a MP teve que ser interrompida hahaha.

   AAAAAH, não esqueça de pedir um carimbo de Machu Picchu no passaporte!!! A barraquinha para carimbar fica do lado de fora, antes de você entrar nas ruínas.

    Para descer de volta a Aguas Calientes, você pega de novo o bus e a fila estava enooooorme para a descida! Sorte que os bus descem e sobem bem rápido - até de mais hahaha. 

   Tivemos um tempinho na cidadezinha para almoçar (incluso no pacote) antes de irmos a estação pegarmos nosso trem de volta (pela Peruvian US$55,00), dessa vez até Poroy, que fica a 1h de Cusco. Chegando em Poroy, mais um motorista nos aguardando para nos deixar em Cusco, onde eu iniciaria os passeios pelo Vale Sagrado no dia seguinte e meu namorado pegaria o voo de volta ao Brasil (mimimi). Mais uma vez, segue link do post sobre o restante da visita ao Vale Sagrado.

 

Agora, sobre a agência MARAVILHOSA que contratamos!

Foi a Cusco Mágico Viajes y Turismo e foi muito bom pois a assistência deles, desde o início, fez muita diferença, já que meu namorado teve que alterar todo o itinerário dele devido ao trabalho. No pacote que contratamos - 6 dias/5 noite, e o mais econômico deles - saiu US$ 530,00 (dólar estava mais barato na época), com TUDO incluso: passagens de trens, translados aeros e das estações, passeios, ingressos, algumas refeições, guias e os hoteis em AC e Cusco. Não me arrependo de ter contratado e super indico a agência. No planejamento da viagem eu fiz orçamento para ver quanto sairia comprando tudo por conta e não deu R$ 100,00 de diferença, então acho que valeu super! De qualquer forma, indico você analisar as duas opções também!

 

É isso! Espero ter ajudado em alguns detalhes de sua pesquisa sobre Machu Picchu. Um lugar que visitarei novamente, com certeza, para andar por lá com mais calma e sossego hehe sem dor no estômago. É lindo demais, de verdade!! Não só as ruínas, mas o caminho, as cidadezinhas próximas, todo o Vale Sagrado é especial, então conheçam esse lugar!!! 

 

Qualquer dúvida me mandem aqui.

Um beijo

Mariah

 

 

Please reload